Litteratura
Version imprimable de cet article Version imprimable

Página inicial > Século XX > Kafka (ZA:13) – desejo de morrer

Kafka (ZA:13) – desejo de morrer

quarta-feira 10 de junho de 2020

nossa tradução

Uma primeira indicação de vislumbre de compreensão é o desejo de morrer. Esta vida parece insuportável, uma outra inacessível. Já não se sente vergonha de querer morrer; a petição de alguém para ser movido de sua cela antiga, que odeia, para uma nova, que virá a odiar. Um último vestígio de crença também está envolvido aqui, pois, durante a movimentação poderia o governador da prisão, por acaso, caminhar pela passagem, ver o prisioneiro e dizer: "Não tranca este homem novamente. Ele vem comigo".

Michael Hofmann

A first indication of glimmering understanding is the desire to die. This life seems unendurable, another unreachable. One no longer feels ashamed of wanting to die; one petitions to be moved from one’s old cell, which one hates, into a new one, which one will come to hate. A last vestige of belief is involved here, too, for during the move might not the prison governor by chance walk down the passage, see the prisoner, and say: "Don’t lock this man up again. He’s coming with me."

[Excerto de KAFKA, Franz. The Zürau Aphorisms. Tr. Michael Hofmann. London: Random House, 2006, p. 13]


Ver online : KAFKA - The Zürau Aphorisms