Litteratura
Version imprimable de cet article Version imprimable

Página inicial > Século XX > Fernando Pessoa (1888-1935) > Esoterismo > Pessoa : Subsolo

Hermétisme

Pessoa : Subsolo

Espólio

domingo 27 de julho de 2014

Extraits de «Fernando Pessoa e a Tradição Hermética»

Os Evangelhos são somente dramatizações — ou, em outras palavras, christianizações — da tragédia de Lydda. São rituaes dramáticos, e os trez primeiros evangelhos — os chamados synopticos — são primeiras redacções: só no Quarto Evangelho está acabada a dramatização, e postos os sellos mágicos. Porisso, para o Catholico verdadeiro, são dispensáveis os outros Evangelhos. Quanto ao Velho Testamento, não é para elle mais que litteratura hebraica, que pode ler como homem, mas não acceitar como crente.

Diz-se que a Grande Reforma, como a pensou a Ordem de Christo, se baseava nos cinco pontos seguintes (1) As bases do Christianismo, isto é do Catholicismo Liberto e Puro, seriam (a) o Evangelho de S. João, (b) as Epístolas de Paulo, (c) o Apocalypse; (2) tudo mais que está na Biblia, Velho e Novo Testamento, seria rejeitado como impuro e «não acceito».

Dada a tragédia de Lydda, os Demiurgos ergueram o Martyr em Verbo.

Tudo quanto o V. T. poderia ministrar de verdadeiro está fechado no 4.° Evangelho.

Os Evangelhos são rituaes dramáticos, nada tendo que ver com qualquer realidade histórica.

(Esp. 54-74)


Ver online : Fernando Pessoa