Litteratura
Version imprimable de cet article Version imprimable

Página inicial > Século XX > Fernando Pessoa (1888-1935) > Filosofia > Pessoa: O CONCEITO DE FILOSOFIA

Textos filosóficos e esotéricos

Pessoa: O CONCEITO DE FILOSOFIA

António Quadros (org.)

domingo 27 de julho de 2014

Excertos do livro organizado por António Quadros, "A procura da verdade oculta". Textos filosóficos e esotéricos.

O CONCEITO DE FILOSOFIA

Tudo é Encontrar Qualquer Coisa
Tudo é encontrar qualquer coisa. Mesmo perder é achar o estado de ter essa coisa perdida. Nada se perde; só se encontra qualquer coisa. Há no fundo deste poço, como na fábula, a Verdade.

Sentir é buscar (presumivelmente de 1914-1915).

O Caminho da Filosofia
O caminho da Filosofia não é do Conhecido para o Desconhecido, mas do Desconhecido no Conhecido para o Desconhecido em si próprio (provavelmente de 1908, traduzido do inglês).

A Filosofia, uma Demanda do Ser
«O problema central da filosofia é a filosofia que a si própria se põe como problema.» Por que precisamos de filosofia?

A ideia fundamental do ser, ou da realidade, ou da verdade, eis o que procuramos na Filosofia. A Filosofia é a demanda do ser. O que é o Ser, o que é a realidade? Este é o problema da filosofia. Se o pudéssemos resolver pela nossa forma de raciocinar, i. é, pela relação sujeito-objeto (...)

Juízos. Analítico e Sintético.

Como são possíveis os juízos a priori? Como são eles possíveis de ser? Os sistemas de metafísica (assim chamados) são todos os que afirmam alguma coisa do Ser, ou que qualquer coisa é Ser (provavelmente de 1908, traduzido do inglês).


Ver online : Fernando Pessoa